Energia Termoambiente Valvim
Projeto de Energia Termoambiente - Geração de energia elétrica a partir do calor ambiente

Oportunidade de parceria na área de energias alternativas

Última atualização em 24/05/2019

I. Proposta de parceria em projeto inovador:
É notório que o Mundo precisa, cada vez mais, de energia limpa e sustentável e, por isso, estou aperfeiçoando a geração de energia elétrica através do efeito termoelétrico denominado Seebeck (TEG - Thermoelectric Generator). As TEGs existentes no mercado atual (Janeiro de 2019) têm eficiência energética de aproximadamente 5% o que as torna pouco eficazes e com aplicações limitadas. No entanto, o aperfeiçoamento tecnológico que estou desenvolvendo eleva a eficiência energética dessa tecnologia a valores próximos de 80%. Com essa eficiência, será possível converter o calor ambiente (do ar, rio e mares) em eletricidade. Uma das principais aplicações dessa nova tecnologia será o carro elétrico movido a calor ambiente. As principais aplicações dessa nova tecnologia estão listadas em: www.energiatermoambiente.com.br.

Para construir as TEGs, tipo MTAR, com 80% de eficiência energética, poderá ser necessário passar por duas fases intermediárias: 15%, e 40%. As TEGs produzidas nestas duas fases serão comercializadas no mercado mundial, gerando recursos financeiros para finalização do projeto principal. O projeto principal é o "Gerador Termoambiente" capaz de converter o calor ambiente em energia elétrica por intermédio de TEGs com eficiência energética superior a 61,9%.

De acordo com a Zion Market Research o mercado das TEGs atuais (de baixa eficiência) rendeu 279,3 milhões de Dólares, em 2015, e tem previsão para render 610 milhões em 2021. Cálculos preliminares, no entanto, indicam que uma TEG-PELTIER com apenas 15% de eficiência energética terá um mercado quatro vezes maior que o mercado das TEGs atuais, com 5% de eficiência. Os principais aparelhos que utilizarão as novas TEGs são: Bebedouros, minigeladeiras, ar refrigerado, minigeradores elétricos e recuperadores de calor residual em automóveis e máquinas industriais. Portanto, mesmo que num primeiro momento essa nova tecnologia só consiga produzir TEGs com rendimento igual a 15%, ainda assim elas teriam um mercado excepcional o que justifica o investimento inicial.

Quando essa tecnologia estiver completamente finalizada, O tamanho do mercado para o Gerador Termoambiente será incalculável. Onde existir necessidade de energia elétrica, ali haverá espaço para o gerador converter o calor ambiente em eletricidade.


II. Plano de negócio:
Depois de mais de 10 anos desenvolvendo essa tecnologia, estou em busca de recursos financeiros com um parceiro da área, ou um investidor, para iniciar a produção de um protótipo funcional. A partir do momento que o protótipo estiver suficientemente otimizado para ser produzido em escala industrial, eu e meu parceiro comercializaremos licenças de produção baseada na patente registrada. Ou, terceirizaremos a produção das novas TEGs em parques industriais já existentes no Brasil. Ou, ainda, construiremos uma fábrica de grande porte com financiamento governamental.


IV. Investimento necessário:
O investidor interessado terá que ter capacidade de investir de R$ 500.000,00 a R$ 2.000,000,00 para finalização do protótipo e construção das primeiras TEGs. A previsão inicial é que seja necessário de 12 a 18 meses para que o produto fique pronto e em condições de ser produzido em série.


Se você, sua empresa ou sua instituição de ensino e pesquisa, tiver interesse em se tornar parceiro deste projeto, eu estou à disposição para quaisquer outros esclarecimentos. Clique aqui e fale comigo.

Pesquisador autor do projeto: Valvim Dutra



Link Patrocinado
Menu de Navegação
Projeto de Energia Termoambiente
»
Artigos do Projeto Termoambiente
Importante: Os anúncios tipo links patrocinados são publicidades externas, automatizadas, e eventualmente podem não refletir os objetivos e ideais deste site.
☰ Menu ⇅
voltar ao topo ↑