Energia Termoambiente Valvim
Projeto de Energia Termoambiente - Geração de energia elétrica a partir do calor ambiente

Energia Termoambiente a energia do futuro - Valvim Dutra

Última atualização em 22/02/2017

energia do futuro termoambiente A energia termoambiente é uma nova forma de energia cuja exploração está sendo proposta por um pesquisador brasileiro. O processo de reciclagem contínua, desse tipo de energia, lembra o tão sonhado gerador de energia infinita também conhecido como moto-contínuo. Todos sabemos, no entanto, que não é possível construir um moto-contínuo porque, para que um trabalho seja realizado, é necessário um equivalente volume de energia e que deve proceder de algum lugar. A similaridade, comentada aqui, está apenas no fato de que a energia termoambiente pode ser reciclada infinitas vezes. É importante lembrarmos que, energia, não gasta, não enferruja, não se destrói, não aumenta e nem diminui, ela apenas se transforma. Por isso, é hora de aprendermos a reciclá-la e pararmos de desperdiçá-la, descartando-a na atmosfera depois do seu uso.

O que é "Energia Termoambiente", e não "energia termo ambiente"

Toda matéria, ar, água, metais etc, possui energia térmica (calor) armazenada em seus átomos mesmo estando à temperatura ambiente. Até recentemente, essa energia não era explorada. Sempre, porém, que a temperatura ambiente estiver acima de 6°C, essa energia térmica poderá ser extraída e convertida em eletricidade. O equipamento capaz de fazer essa extração, e conversão, foi denominado de Gerador Elétrico Termoambiente e ainda está em fase de desenvolvimento.

Se tudo der certo, em breve estaremos gerando energia elétrica em abundância e sem agredir o planeta. Diferentemente das demais formas de geração de energia elétrica, a tecnologia que está sendo desenvolvida não acrescenta energia térmica (calor) ao ambiente e, por isso, é matematicamente a opção mais adequada para conter e controlar o aquecimento global. Além disso, a fonte de energia primária é o calor ambiente presente em qualquer local e, por isso, pode ser processado por Geradores Elétricos Termoambientes de qualquer dimensão. Ou seja, é possível criar geradores portáteis, médios ou de grandes dimensões, aptos a extraírem energia térmica de qualquer massa ambiente: gasosa, líquida ou sólida (atmosfera, rios, mar, blocos metálicos, paredes, etc).

Para compreender a sustentabilidade dessa nova forma de energia, é necessário lembrar que toda energia, que utilizamos em casa, no trabalho, na indústria, no automóvel etc., transforma-se obrigatoriamente em calor no decorrer do seu uso e é lançado no ambiente. Isso ocorre com todas as formas de energia, inclusive, com as obtidas a partir de hidrelétricas, combustíveis fósseis, eólicas, fotovoltaicas, nucleares etc. O calor, lançado no ambiente, é o último estágio de todo e qualquer processo de transformação de energia. Por isso, reciclar o calor, já descartado no ambiente, é a maneira mais ecológica de gerar energia elétrica.

Se extrairmos 10 KW de energia térmica (calor), do ambiente, convertê-lo em eletricidade e em seguida o utilizarmos para alimentar um liquidificador, um televisor, algumas lâmpadas e um ferro de passar roupa, estes 10 KW retornarão ao ambiente sob a forma de calor, durante a sua utilização. No caso do liquidificador, uma pequena parte da energia elétrica pode se transformar em energia química (energia molecular) ao quebrar algumas moléculas do líquido processado. Se isso acontecer, será uma parte muito pequena. O restante da energia será transformado em calor através do atrito e agitação das moléculas dentro do liquidificador. A luz gerada pelas lâmpadas, e pela TV, assim como o áudio, também se transformarão em calor ambiente à medida que se propagarem continuamente pelas paredes da sala. Portanto, a tecnologia que pega esse calor ambiente, e o converte em eletricidade, não causa desequilíbrio energético no planeta. Muito pelo contrário, ela garante o equilíbrio energético reprocessando várias vezes a mesma energia.

A grande vantagem da energia termoambiente é que ela retira o calor do ambiente antes de convertê-lo em eletricidade. Uma vez convertido, a eletricidade vai realizar suas tarefas e, por fim, transformar-se em calor ambiente, novamente, assim como fazem as demais formas de energia. A diferença é que, como ela retirou essa energia do próprio ambiente, o volume de energia térmica do planeta continua inalterado. A energia termoambiente, não contribui com o aquecimento global uma única vez, sequer. Por isso, é, sem dúvida, a energia do futuro. O Gerador Elétrico Termoambiente fornecerá a energia que a humanidade precisa e salvará o planeta do aquecimento Global e das suas consequentes catástrofes climáticas.

Se você ainda não leu, leia a página de apresentação do Projeto de Energia Termoambiente - Geração de energia elétrica a partir do calor ambiente.

Se você tem tempo disponível, leia o artigo que compara energia eólica com energia termoambiente: Energia eólica x energia termoambiente - Vantagens e desvantagens.
↓ continuar lendo ↓

Autor: Valvim Dutra

« Artigo anterior: Como funciona o gerador elétrico termoambiente - parte 2
» Próximo artigo: Os futuros navios elétricos movidos a energia termoambiente
Menu de Navegação
Projeto de Energia Termoambiente
»
Você está aqui
Artigos do Projeto Termoambiente
Importante: Os anúncios tipo links patrocinados são publicidades externas, automatizadas, e eventualmente podem não refletir os objetivos e ideais deste site.
☰ Menu ⇅
voltar ao topo ↑